Projetos concluídos

2017 a 2018
  • Sobreequipamento do parque eólico de Bornes – BioInsight.
2015 a 2017
  • Programa Cão de Gado – Fundo do Lobo – Associação de Conservação do Habitat do Lobo Ibérico (ACHLI).
2014 a 2017
  • Programa Cão de Gado – Fundo do Lobo – Associação de Conservação do Habitat do Lobo Ibérico (ACHLI).
2014
  • Programa de proteção e valorização do lobo-ibérico no Nordeste Transmontano e Beira Alta – Aproveitamento Hidroelétrico do Baixo Sabor (Programa de Gestão de Pastoreio).
  • Monitorização do lobo-ibérico – Subestação de Valpaços.
2013 a 2017
  • Plano de monitorização do lobo a sul do rio Douro – Zona Este II – Associação de Conservação do Habitat do Lobo Ibérico (ACHLI).
2012 a 2017
  • Aproveitamento hidroelétrico do Baixo Sabor: medida compensatória 8 (MC8) – Programa de proteção e valorização do lobo-ibérico: Ação MC8.3 – Redução dos conflitos com a população – EDP – Gestão da Produção de Energia, S.A.
  • Boas práticas para a conservação do lobo em regiões mediterrânicas (LIFE 11 NAT/IT/069 MEDWOLF) – Programa LIFE+.
2012
  • Plano de monitorização do lobo – parque eólico de Mirandela – Bio3, Lda. 
  • Monitorização do lobo-ibérico – Barragem das Veiguinhas – AgriproAmbiente, Lda. 
2011 a 2012
  • Plano de monitorização do lobo a Sul rio Douro – Zona Este – ICETA/UP-CIBIO e Associação de Conservação do Habitat do Lobo Ibérico (ACHLI).
2010 a 2017
  • Monitorização da população lupina na área dos sub-parques eólicos de Vila Cova, Gevancas II e Falperra-Rechãnzinha do parque eólico de Vilas Altas – ENEOP2, Lda.
2010 a 2014
  • Monitorização do lobo na envolvente do parque eólico do Alto do Marco e do parque eólico da Meroicinha II – BIO3, Lda.
2010 a 2013
  • Monitorização do lobo na envolvente do parque eólico serra do Alvão – ECOSATIVA, Lda.
2010 a 2012
  • Monitorização do lobo na envolvente do parque eólico de Bornes – BIO3, Lda.
  • Monitorização do lobo na envolvente do parque eólico do Alto do Marco e parque eólico da Meroicinha II – Bio3, Lda.
2010 a 2011
  • Plano de monitorização do lobo na área das alcateias da Lapa e Trancoso – ICETA/UP-CIBIO e Associação de Conservação do Habitat do Lobo Ibérico (ACHLI).
  • Monitorização do lobo na envolvente do traçado IC5 Mogadouro – Miranda do Douro AGRI-PRO Ambiente Consultores, S.A.
  • Monitorização do lobo na envolvente do parque eólico de Torre de Moncorvo – ECOSSISTEMA, Lda.
2010
  • Situação do lobo na área do parque eólico serra de Sampaio – ProSistemas. 
  • Situação do lobo na área do parque eólico Alto do Marco – Finerge, Gestão de Projectos Energéticos, S.A. 
2009 a 2014
  • Corredores para a vida selvagem: modelação espacial da pressão humana e a sua utilidade para a conservação do lobo-ibérico (PTDC/AAC-AMB/111457/2009) – Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).
2009 a 2012
  • Programa de proteção e valorização do lobo-ibérico no Nordeste Transmontano e na Beira Alta (BAIXO SABOR) – PROCESL.
2009 a 2010
  • Monitorização do lobo na área do parque eólico da Meroicinha II – Bio3, Lda.
  • Situação do lobo na área dos parques eólicos serra de Chavães e Sendim – ProSistemas.
2009
  • Estudo do lobo na envolvente do traçado IP2 Trancoso/Celorico da Beira – AGRIPRO AMBIENTE.
  • Monitorização do lobo na A4 (Lanço Amarante – Vila Real, sublanço Padronelo/Nó de ligação ao IP4/Campeã/Parada de Cunhas) – Bio3.
  • Situação atual do lobo na área envolvente às barragens do Alto Têmega – PROCESL.
2008 a 2012
  • Monitorização da população lupina na área do parque eólico do Alto da Coutada – ENEOP2. 
2008 a 2011
  • Monitorização da população lupina na área do parque eólico do Negrelo-Guilhardo – Eólica de Montenegrelo, SA.
2008 a 2010
  • Ampliação do parque eólico da Pena Suar – Plano de monitorização do lobo-ibérico – Atribuição de cães de gado – ENERNOVA.
  • Plano de monitorização do lobo nas áreas dos projetos eólicos das serras de Montemuro, Freita, Arada e Leomil – ICETA/UP-CIBIO.
2008
  • Campanha de amostragem de lobo no âmbito do troço da A4 Amarante-Vila Real – Bio3, Lda.
2007 a 2011
  • Plano de monitorização do lobo na área dos projetos eólicos das serras de Montemuro, Freita, Arada e Leomil – ICETA/UP-CIBIO e Associação de Consevação do Habitat do Lobo Ibérico (ACHLI).
2007
  • Estudo das medidas de minimização do impacto na população lupina do parque eólico do Negrelo-Guilhardo – EDP Produção.
  • Monitorização da população lupina na área de influência do parque eólico do Negrelo-Guilhardo – EDP Produção.
2005 a 2010
  • Monitorização da população lupina na área do Sítio Natura 2000 Alvão/Marão. Análise do impacte do IP3 e IC5 – Centro de Biologia Ambiental (FCUL), AENOR e NORSCUT.
2005 a 2008
  • Fatores que influenciam a recuperação da população de lobo no Centro de Portugal: Implicações para uma estratégia de conservação (POCI/BIA-BDE/60296/2004) – Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).
2004 a 2008
  • LIFE-COEX – Melhorar a coexistência dos grandes carnívoros com as actividades agrícolas nos países do sul da Europa (LIFE04 NAT/IT/000144) – Programa LIFE.
2002 a 2005
  • O lobo e o gado extensivo no NO Portugal. Um estudo das relações ecológicas – Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).
2002 a 2004
  • Recolonização do NO de Portugal pela cabra-brava (Capra pyrenaica Schinz, 1938): Bases científicas para a gestão da espécie – Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).
2002 a 2003
  • Recuperação e valorização dos fojos do lobo – Parque Nacional da Peneda-Gerês.
2002
  • O lobo e o homem: coexistência no século XXI – Instituto do Ambiente (IA).
2001 a 2005
  • Adaptação de sistemas tradicionais de proteção dos rebanhos para a conservação da natureza: A recuperação dos cães de gado (PNAT/BIA/15070/1999) – Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).
2001 a 2004
  • Novas soluções para o controlo da predação nos animais domésticos – Ministério da Agricultura, do Desenvolviemnto Rural e das Pescas (Programa AGRO) – IFADAP.
2001 a 2003
  • Estudo da população fundadora de cabra-montês (Capra pyrenaica) no Parque Nacional da Peneda-Gerês – Parque Nacional da Peneda-Gerês.
2000 a 2004
  • A população lupina a sul do rio Douro em Portugal: análise temporal, atitudes públicas e aperfeiçoamento dos corredores ecológicos (POCTI/MGS/34733/1999) – Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).
2000 a 2002
  • O lobo a sul do rio Douro: a importânica dos fatores sociais na tomada de decisões para a conservação – Instituto de Promoção Ambiental (IPAMB).
2000
  • O lobo na serra de Arga: à descoberta do mito e da realidade – Instituto de Promoção Ambiental (IPAMB).
1999 a 2000
  • A recuperação do Rafeiro do Alentejo como cão de gado. Contributo para a minimização do impacto dos predadores sobre os rebanhos – Instituto de Promoção Ambiental (IPAMB).
1998
  • Atitudes públicas para com o lobo. Os fojos – Bernd Thies Stiftung.
1997 a 2003
  • Monitorização e ecologia do lobo na área fronteiriça do Nordeste ibérico – Parque Nacional da Peneda-Gerês.
1997 a 1999
  • Bases para definição de corredores ecológicos na conservação de uma população animal marginal e fragmentada: O caso da população lupina a sul do rio Douro – Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), PRAXIS XXI.
  • Contributo para a minimização do impacto económico dos predadores sobre os animais domésticos – INIA, Programa PAMAF.
1996 a 1999
  • Utilização de marcadores genéticos na análise da viabilidade de recursos silvestres: contributo para a estratégia de conservação do lobo em Portugal – JNICT, PRAXIS XXI.
1996 a 1997
  • Valorização de raças de cães autóctones e a sua recuperação como medida minimizadora do impacto predatório do lobo sobre os rebanhos – Instituto de Promoção Ambiental (IPAMB).
1995 a 1998
  • A toca – Projeto de criação de um centro interpretativo sobre o lobo – Instituto de Promoção Ambiental (IPAMB).
1995
  • Atitudes públicas para com o lobo: estudo da realidade portuguesa – Instituto de Promoção Ambiental (IPAMB). 
1994
  • Delimitação de zonas especiais para a conservação do lobo em Portugal – Instituto da Conservação da Natureza (ICN).
  • A conservação do lobo em Portugal (LIFE94 NAT/P/001055) – Programa LIFE.